11 Costumes brasileiros que são considerados ofensivos em outros países

1 – Gorjeta

Os trabalhadores sentem que são pagos para fazer o seu trabalho e se orgulham de fazê-lo bem. Eles não precisam de um incentivo adicional

2 – Sentar na parte de trás de um táxi

Na Austrália, na Nova Zelândia, em partes da Irlanda, na Escócia e na Holanda, é considerado rude não usar a o banco de frente; é uma questão de igualitarismo.

3 – Fazer sinal de joia

No oriente médio, na América latina, na África ocidental, na Rússia e na Grécia, um polegar para cima tem o mesmo significado que levantar o dedo médio para os brasileiros.

4 – Rir com a boca aberta

No Japão, rir mostrando os dentes é semelhante a comer de boca aberta e fazer um montes de barulhos enquanto mastigamos.

5 – Se atrasar

Estar atrasado mesmo que apenas alguns minutos é inaceitável em muitos países (como a Alemanha). Quando você  deixa alguém esperando é  como se você considerasse seu tempo mais valioso do que o de todos os outros.

6 – Andar com uma mão no seu bolso

Isso é considerado grosseiro na Turquia, bem como em alguns países da Ásia, como na Coreia do Sul

7 – Usar sua mão esquerda para algumas coisas

Nem todas as culturas usam papel higiênico e tendem a usar a mão esquerda no lugar dele. Fazer qualquer coisa com a mão esquerda em grande parte da África, Índia, Sri Lanka e Oriente Médio é como dar um tapa na cara de alguém.

8 – Mostrar a sola de seus pés

Em países árabes, muçulmanos, hindus e budistas, mostrar as solas dos seus pés é um sinal de desrespeito, pois são considerados a parte mais baixas e mais sujas do corpo.

9 – Homens sem camisa

É raro ver homens sem camisa na coreia do sul, onde os homens ainda mantêm suas camisas mesmo na praia.

10 – Comer em lugares que não servem comida

Em Ruanda e no Japão, é considerado falta de educação comer em qualquer lugar que não seja um restaurante, bar ou hotel. Isso inclui comer em um ônibus ou até mesmo enquanto caminha para fora dele.

11 – Toques

Abraços e toques podem ser ofensivo em lugares como China, Tailândia, Coréia e Oriente Médio.

 

Fonte: Businessinsider

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *