Conheça 12 dores que são piores do que a dor de parto

 

Existe alguma dor pior do parto? Nas horas de trabalho extenuante, muitas mães vão zombar da ideia de dor física pior do que aquela que elas estão sentindo.

No entanto, de acordo com alguns cientistas e mães, há algumas dores que são consideradas mais angustiantes do que dar à luz!

Embora seja importante acrescentar que a dor do parto é impossível de calcular, dado que é diferente para cada mulher com base em uma enorme quantidade de fatores, aqui estão 12 coisas que podem ser mais dolorosas que o parto.

1. Pedras nos rins

A psicóloga Beth Darnell disse a “Men’s Health”:  que pedras nos rins podem ser tão dolorosas como a dor de um parto. Algumas pessoas relatam que a dor é tão intensa,  que perdeu a visão e a audição, e noção de tempo e espaço.

2. Dor de dente

Uma mulher publicou no Metro: “Eu escolheria a dor ao invés da dor de dente”. Ela comentou que seus partos foram com dor, mas que não foram piores que a dor de dente que ela sentia.

A  dor de dente é considerada uma das piores dores que um ser humano tem de suportar.

3. Costelas quebradas

Muitas pessoas ficam tentando comparar as dores que sentem com as dores do parto, como a dor de seu dedo do pé quebrado ou perna, mas muitos dizem que as dores de costelas quebradas são muito intensas ao respirar, e que alguns casos é considerado pior que o parto.

4. Abscesso nas partes íntimas

Mum Connie falou sobre o abscesso perianal que ela sofreu: “A coisa mais insuportável. Ela teve dois filhos no qual um foi parto com fórceps,  trabalho de 29 hora e disse que  nada chega perto da incisão e drenagem dos abscessos.

5. Pontos rompidos

Uma mãe relatou para o redator do Metro que seus pontos de uma cirurgia no quadril se romperam após ela dar um espirrou, e que a dor superou a dor do parto.

6. Enxaqueca

Como o parto, a enxaqueca pode ser muito dolorosa, em alguns casos são tão angustiantes que os pacientes desmaiam e são levados para o hospital.

7. Gota

De acordo com uma pesquisa nos EUA, mais de dois terços de quem sofre de gota consideram a dor como o pior que se possa imaginar. E a paciente que sofre de gota Martin Kettle escreveu no The Guardian que é mãe de quatro filhos, e confirmou que “a dor da gota é de fato pior do que parto.”

Um ataque de gota intensa pode deixar a pessoa em agonia se contorcendo em agonia e nada pode encostar, nem mesmo um lençol.

8. Neuralgia trigeminal

Mais comumente conhecida como a doença de Fothergill, esta é a inflamação de um nervo que se estende desde a cabeça até o queixo.

Dr. Darnell explicou: ‘Este é um tipo muito requintado de dor, a pessoa sente como se estivesse sendo esfaqueada. As opções de tratamento são limitadas. Há pessoas que têm ideação suicida ou que cometem suicídio por causa disso.”

9. Queimaduras graves

O especialista em queimaduras Dr. Christo explicou à “Men’s Health”: “A dor é comparável a dor do parto. O processo pós queimadura é cansativo porque requer desbridamentos de feridas, troca de curativos, enxerto de pele, e alongamento de pele. ‘

10. Neuralgia do pudendo

Afeta a região do ânus, essa dor pode ser excruciante e a causa pode ser tão simples como sentar-se em um ângulo ruim ou cair no chão. Afeta mais os homens, a dor muitas vezes passa para o pênis causando desconforto constante, e muitas vezes faz a pessoa se contorcer de dor.

11. Cefaleia em salvas

Muitas vezes descrita como a “pior dor possível”, essas ondas intensas e focadas de agonia tendem a afetar um lado da cabeça, geralmente atrás dos olhos.

Dr. Christo disse: “É provavelmente a pior dor que se pode imaginar. Já tive pacientes  que disseram que a dor é pior do que a dor do parto ou queimaduras”.

12. Cisto no clitóris

Pergunte a qualquer mulher, se elas preferem suportar o trabalho de parto ou ter um cisto  no clitóris. Uma mãe disse ao BabyCenter : ‘Imagine seu clitóris mais sensível,  inchado, pulsando e sem qualquer forma de alívio. Eu não podia andar, sentar  … nada. Eu queria morrer. ‘

Fonte: Metro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *